Marcação de Consultas:
(21) 2720-2090 / 3031-1718 / 98778-6239 whatsapp
Central de Atendimento:
(21) 3031-1700
PRONTO ATENDIMENTO:
ADULTO 24 HORAS

EXAMES

MAMOGRAFIA


O que é?
A mamografia é um exame de imagem, podendo ser compreendida como um Raio X das mamas. É considerado padrão ouro para detecção precoce do câncer de mama. No caso da mamografia digital, utilizada pela Clínica da Mama, os raios X atravessam a mama e atingem um detector que os transmite a um computador – enquanto que no método tradicional a imagem é impressa em um filme. A vantagem do exame digital é a qualidade gerada, de altíssima definição, que permite melhor visualização de mínimas alterações.

Quem Deve Fazer o Exame?
O exame é feito quando solicitado pelo médico assistente, com o especial objetivo de detectar precocemente tumoraes de mama.

A primeira mamografia deve ser realizada aos 35 anos e anualmente após os 40. Caso a mulher esteja enquadrada como alto risco para a doença, poderá iniciar o controle mais cedo. São consideradas mulheres de alto risco para a doença aquelas com um ou mais parentes de primeiro grau (mãe, irmã ou filha) com câncer de mama antes dos 50 anos; um ou mais parentes de primeiro grau com câncer de mama bilateral ou câncer de ovário; história familiar de câncer de mama masculino; lesão mamária proliferativa com atipia comprovada em biópsia.

Como é o Exame?
A paciente é posicionada em pé, próximo ao equipamento. As mamas serão, uma a uma, comprimidas pelo mamógrafo, horizontal e verticalmente. Embora seja desconfortável, o exame é rápido – sendo a mamografia digital ainda mais ágil que a convencional. Pacientes com próteses de silicone devem informar à equipe antes da realização da realização do exame.

Exige Preparo?
Para a realização do exame é necessário evitar o suo de creme, desodorante, perfume e talco, pois podem prejudicar a captação das imagens.

Exige Repouso?
Não, a paciente pode retomar suas atividades de rotina logo após o exame.

Há Contraindicações?
Por se tratar de um exame que utiliza Raios X, deve ser evitado durante o primeiro trimestre gestacional.