Marcação de Consultas:
(21) 2720-2090 / 3031-1718 / 98778-6239 whatsapp
Central de Atendimento:
(21) 3031-1700
PRONTO ATENDIMENTO:
ADULTO 24 HORAS

ESPECIALIDADES

OTORRINOLARINGOLOGIA


A Otorrinolaringologia é uma especialidade médica, clínica e cirúrgica, responsável pelo diagnóstico e tratamento das doenças da cabeça e do pescoço, especialmente, ouvido (oto), nariz (rhino) e garganta (laringo).

A principal função do otorrinolaringologista (ou, para abreviar, 'otorrino') é a de cuidar da audição, da respiração, da voz (englobando as cordas vocais), da garganta e de tudo que estiver relacionado a isso, como o sono e as alergias das vias respiratórias.

Os sinais e sintomas mais comuns das doenças tratadas pelos otorrinos são:
- Nariz entupido
- Dor de cabeça
- Dor na face
- Secreção nasal
- Sangramento nasal
- Dificuldade auditiva/surdez
- Zumbido
- Tontura
- Secreção no ouvido
- Sangramento no ouvido
- Dor de ouvido
- Dor e infecção de garganta
- Rouquidão (disfonia)
- Pigarro
- Tosse
- Roncos e apnéia

A avaliação clínica do Otorrinolaringologista (Otorrino) é muito importante para o correto diagnóstico e tratamento dessas afecções. O tratamento pode ser tanto cirúrgico quanto clínico, dependendo de cada caso especificamente.

As principais doenças são:
- Rinites
- Sinusites
- Desvio do septo nasal
- Polipose nasal
- Distúrbios do sono (apnéia)
- Surdez
- Otites
- Perfuração do tímpano
- Distúrbios do labirinto, labirintites
- Amigdalite/faringite
- Adenóides e amigdalas aumentadas
- Paralisia facial
- Distúrbios da deglutição
- Alterações das pregas vocais

Quando procurar um otorrino?

Geralmente o profissional é procurado após indicação de um outro médico, na maioria das vezes um clínico-geral ou pediatra. Mas o paciente pode e deve procurar o otorrino, sempre que perceber que está com problemas relacionados aos ouvidos, nariz e garganta.

O otorrinolaringologista acompanha o indivíduo desde o nascimento até a velhice, tratando das principais doenças que acometem cada fase da vida. Na infância as otites e amigdalites são mais frequentes, na idade adulta, as rinite, sinusites, rouquidão e nos idosos, a surdez e os distúrbios do equilíbrio.